Como se preparar para fiscalizar o 2º turno

17 October 2014

Recebemos muitos relatos de eleitores que foram até as seções eleitorais para fiscalizar os boletins de urna do 1º turno e foram impedidos.

Proibir eleitores de terem acesso a um documento que, por lei, deve ser afixado em local publicamente visível é um sinal do quanto estamos distantes de um sistema de votação 100% auditável.

Por falta de informação e treinamento das equipes que trabalhavam nestas seções, alguns fiscais do Você Fiscal foram vistos com desconfiança. Na verdade, eles deveriam ter sido parabenizados pelo interesse em exercer seu direito de acesso à informação.

Um dos relatos que chamou nossa atenção no Facebook foi o de um fiscal que recebeu o seguinte conselho na seção eleitoral: venha identificado da próxima vez. Assim, se você quiser fazer como o Wellington, que “vestiu a camisa” ganhada como recompensa pela contribuição à nossa campanha no Catarse, pode mandar estampar a sua com as imagens que disponibilizamos aqui ou pedir uma pronta no site vitrinepix (confira o prazo de entrega antes de confirmar o pedido).

É importante esclarecer que a opção de encomendar a camiseta pronta é apenas para facilitar a vida de quem não tem como mandar estampar a própria. O processo é inteiramente terceirizado e o Você Fiscal não receberá nenhuma porcentagem do valor da compra das camisetas.

Outra forma de identificação como fiscal independente é fazer um crachá, idéia simples e genial do Guilherme. Você pode baixar a arte aqui.

Além de ir identificado como um fiscal independente, lembre-se:

  • chegue bem antes das 17h para poder entrar no local de votação;
  • leve impresso o documento com trechos da resolução 23.399 do TSE;
  • converse com os mesários e o presidente da seção, explique o projeto e pergunte se podem imprimir uma via do BU para você;
  • leve alguém da família ou um(a) amigo(a) para te acompanhar (é mais difícil dizer não para mais de uma pessoa, você terá ajuda para fotografar os BUs e uma testemunha caso algo ocorra).

Não deveria ser necessário, mas caso você tenha sido impedido de fotografar o BU no 1º turno, pode ir ao cartório eleitoral da sua cidade e solicitar que o juiz eleitoral ou chefe do cartório assinem uma permissão para que você tenha acesso ao BU no fim da votação. Faça isso com alguns dias de antecedência e lembre-se de mencionar os termos da resolução 23.999, ela garante o seu direito. Tenha a permissão em mãos no dia da votação e mostre-a ao mesário responsável pela seção.

Vamos aproveitar toda a experiência do 1º turno para fiscalizarmos ainda melhor o 2º!

Use nossas imagens e sua imaginação para criar o seu material, tire uma foto com sua camiseta, crachá ou outra identificação e compartilhe na nossa página com a hashtag #vemproBU.

Vamos mostrar a nossa força!


Tirou fotos do BU no 1º turno? Compare com a versão digital do TSE.

Não conseguiu fiscalizar o 1º turno, mas quer participar como fiscal no segundo? Adote sua zona eleitoral

Compartilhe no: Facebook | Twitter | Google+




blog comments powered by Disqus